sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Dimensões Distorcidas - Pirata (2010)


Release:

São quatro faixas que, num primeiro momento, podem chocar por soarem tão cruas, em especial pelas vocalizações rouquíssimas de Yelo... Mas, se o ouvinte der a devida chance, observará uma banda investindo em arranjos que podem ser considerados requintados e com impensáveis passagens psicodélicas em meio a seu Heavy Metal de tendências extremas.
Tudo soa datado, oitentista mesmo, mas toda a experimentação possui coesão e homogeneidade, em especial “Andrômeda” (com a participação de Júlio Nikuri, vocalista do Fullminant) e “Enigma Macabro”, tão delirantemente sóbria. Ponto positivo para as inspiradas e contestadoras letras, que se aproximam das poesias e urradas em português, abordando temas como a pirataria, consumismo, existencialismo e a magia.
Musicalmente o quarteto faz por merecer muitos elogios, pois possuem segurança ao proporcionar o clima meio atormentador que suas canções exalam. Um EP que mostra mais um pouco da força criativa e versatilidade do cenário musical nordestino. Se o leitor for um devoto das raízes do rock pesado brasileiro, fica a recomendação de conferir o Dimensões Distorcidas!

Banda: Dimensões Distorcidas

Gênero: Death \Thrash Metal

Origem:  Salvador\Ba

Álbum:  Pirata (Demo)

Ano: 2010

Formação:
Miaghui  Bass
Tokinho  Drums
Guhh  Guitars
Velo  Vocals

Tracks:
1. Andrômeda  03:52
2. Enigma Macabro  03:12
3. Escuridão Esponânea  02:51
4. Fúria Saturada  03:00

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...